Perdoa, abençoa, solta e transforma

Perdoa, abençoa, solta e transforma

Todos os dias temos adversidades, o tamanho depende da intensidade e interpretação que colocamos em cada história.

Fui buscar a minha linda filha Martina de 6 anos na escola, me sentia feliz porque  naquele dia consegui sair mais cedo do trabalho, queria fazer uma bela surpresa. 

Quando abri a porta para ela entrar, quem recebeu a surpresa foi EU!

Uma criança se aproximou de mim e ingenuamente sem perceber o valor das palavras me disse: – A tua filha é chata…o resto com sinceridade não escutei, naquele momento não estava preocupada com o seu julgamento. 

Percebi que minha filha entrou no carro magoada, e chorando muito.

Conversei com ela pelo espelho retrovisor do carro, sem sucesso. Aquele comentário tinha atingido ela como uma flecha no seu coração.

Quando cheguei em casa, segurei ela firme pelos braços e disse: Olha no fundo dos meus olhos: Eu amo o teu SER! Você é uma criatura de Deus, um tesouro nas nossas vidas.

E ela me perguntou com lagrimas nos olhos: Por que ele falou isso, se eu não fiz nada?

Eu falei, emocionada: se eu pudesse te colocaria novamente no meu ventre para te proteger de absolutamente tudo, mas seria injusto contigo,  porque todos nós estamos em uma evolução espiritual, não somos perfeitos, somos humanos e nem todos tem a consciência do poder que cada palavra representa na outra pessoa.

E continuei:

-Olha, o sangue que corre nas tuas veias, TEM FORÇA, FÉ e MUITO AMOR! Eu te ensinei primeiro amar a si mesma, e confiar em você!

-No teu coração existe uma sabedoria divina que através de Deus eu transferi para cada célula do teu corpo. São valores que eu cultivei toda a minha vida.Filha, o grande desafio para acessar a informação divina é continuar com o coração da mesma forma que nascemos, puro. Por isso, não julga, não sabemos o que está acontecendo com ele, neste momento, não te conecta com a a energia negativa da situação. Apenas: perdoa, abençoa, solta e transforma esta história em sabedoria e energia positiva. Muitas vezes a vida  será  injusta, vai bater forte, vai te fazer cair várias vezes. Lembra que você herdou de mim um cajado para te levantar e o escudo para te defender e continuar adiante. Nada e ninguém podem te limitar, apenas você mesmo pode fazer isso.

Ela me deu o abraço mais molhado que já recebi. 

Prometi a ela que faria um bilhete para a professora pedindo que trocassem de lugar. 

Fiz de noite, e li para minha filha,  gostou e guardou na mochila.

No próximo dia, quando voltou da escola, eu perguntei: Entregou o bilhete? E ela me disse: Não mamãe! Eu perguntei: Porquê não? 

Ela respondeu: PORQUE EU VOU APRENDER A LIDAR COM A SITUAÇÃO.

Descobri que Deus manda mais de um Mestre na nossa vida, quando nascemos são nossos pais e quando “achamos” que sabemos tudo, o Criador nos surpreende e envia mais um reforço, que são os nossos filhos.

A Martina tem apenas 6 anos! E conseguiu acessar as informações Divina. 

O que você diz para si mesmo nas advertirdes da vida?

Não somos o que sabemos, somos o que estamos dispostos a aprender todos os dias.

Deixe uma resposta